Lexa teria deixado a parceria com Kamilla Fialho por causa do baixo salário que recebia do escritório. Apesar da agenda de shows lotada e uma receita de R$ 200 mil por mês, o honorário da cantora girava em torno de R$ 3 mil.
A namorada de MC Guimê ficou recebendo este valor por um ano, já que antes de fazer sucesso e dar lucro, recebeu investimentos do escritório da empresária. A confusão teria começado após o contrato ter vencido há seis meses, e a cantora não ter os valores reajustados para receber 30% do que é cobrado por um show seu.
"Ela não recebeu o aumento de 30%, nem a prestação de contas do escritório. Está há um tempão pedindo isso sem sucesso. Está acontecendo a mesma coisa que aconteceu com a Anitta", contou uma fonte ao “Ego”.
Apesar do mal-estar, Lexa pretendia manter o contrato de trabalho. Só decidiu rompê-lo depois das declarações de Kamilla Fialho dando conta de que ela teria surtado.
"Lexa surtou... Ontem, trocou as senhas de todas as redes sociais, removeu os administradores do Facebook, furou compromissos na semana passada, outros essa semana também. E ontem foi com a mãe no show. Mãe, padrasto, um empresário de pagode e um DJ que não está mais trabalhando conosco. Segundo o contratante, a mãe dela tentou receber cachê direto sem passar pelo escritório. A Lexa pediu e levou o microfone e o protools e não nos atende desde ontem. Enfim, surtou e não estamos entendendo o que está acontecendo", disse a empresária à publicação.
Em sua defesa, a cantora alegou que manteve os compromissos marcados pelo escritório, e que estava no Rio de Janeiro fotografando para uma campanha e acompanhada por funcionários do escritório de Kamilla.

fonte: msn.com