.

.

.

.

Após show desastroso na Virada do Ano, Mariah Carey dará tempo em sua carreira e das redes sociais

Slide 1 de 9: Mariah Carey ficou chateada com o incidente na Virada do Ano em Nova York

Mariah Carey resolveu falar diretamente com o público após o desastre a envolvendo durante o show de Ano Novo na Times Square, Nova York, EUA.
A cantora afirmou, na noite deste domingo, 8, em um áudio que os problemas a deixaram chateada e que a questão envolvendo a produção não passou de sabotagem. “Foi uma oportunidade para me humilhar”, disse.
Segundo a diva, o incidente a fez pensar em algumas coisas de sua carreira e decidiu que o melhor para si agora é tirar um tempo afastada dos holofotes. “Vou dar um tempo da mídia e das redes sociais e tirar um tempo para mim”, contou, garantindo que estará em sua turnê mundial que inicia em março deste ano.
“Vou cumprir minha agenda profissional e me preparar para a turnê, que começa em março”, finalizou.
Para quem não se lembra, na Virada do Ano, Mariah teve algumas dificuldades durante seu pocket show. Logo de início, quando iniciou a música “Emotions”, a cantora a parou na metade dizendo que não conseguia se escutar e, após o problema persistir, a diva simplesmente desistiu da música. “Estou tentando levar na esportiva. Vou deixar o público cantar”, disse.
Em seguida, no sucesso “We Belong Together”, Mariah parece ter se confundido e a música começou sem ela, mostrando a todos que fazia playback. Irritada, a cantora deixou o palco dizendo: “Acho que não fica melhor que isso”.
De acordo com sua empresária, tudo não passou de uma sabotagem já que, mesmo avisando de antemão os problemas com os microfones, nada foi arrumado para o momento do show. “Eu deveria ter tirado ela do palco. Isso foi sabotagem. Vocês devem a Mariah um pedido público de desculpas”, disse a moça.

fonte: www.msn.com

Meryl Streep e o discurso arrasador sobre Trump no Globo de Ouro

A cerimônia do Globo de Ouro realizou-se este domingo, dia 8, em Beverly Hills, e contou com vários momentos altos. Um dos discursos mais marcantes foi o de Meryl Streep, homenageada pelo conjunto de sua obra.
Mesmo sem mencionar Donald Trump, a atriz aproveitou a cerimônia para criticá-lo.
"Vocês e todos nós, nesta sala, pertencemos aos setores mais humilhados na sociedade americana, nestes últimos dias. Hollywood está inundada de forasteiros e se os expulsarmos, não terão nada para ver a não ser futebol e combates de artes marciais", disse a atriz, aproveitando para agradecer à imprensa e aos estrangeiros que integram Hollywood.
Meryl recordou ainda algumas atitudes do presidente eleito, como quando imitou um jornalista deficiente durante a campanha eleitoral.
“Este exemplo dado por uma pessoa tão poderosa permite que as pessoas desrespeitem os outros. O desrespeito convida ao desrespeito, a violência incita à violência", afirmou.
Mas Streep não ficou por aqui, para terminar o seu discurso, lembrou ainda a sua amiga e atriz Carrie Fisher, que morreu no dia 27 de dezembro. 

fonte: www.msn.com

Globo cancela “SuperStar” após fracassos de audiência

Programa perdeu mais de dez pontos de audiência em três temporadas

A TV Globo tomou a decisão de tirar o “SuperStar” da grade de programação da emissora carioca a partir de 2017.
O canal de Roberto Marinho não ficou satisfeito com os números de audiência atingidos nas três temporadas do reality show. Segundo o “Notícias da TV”, a atração musical estreou em 2014 com 20,4 pontos na Grande São Paulo. Porém, em 2016, despencou para 10,5 pontos.
Com isso, o programa será substituído pelo “Tamanho Família”, sucesso na primeira temporada sob comando de Márcio Garcia.
Além disso, há a possibilidade de a Globo reinventar uma nova atração musical para estrear no segundo semestre do ano.
Assim que a direção da emissora previu que o “SuperStar” não teria vida longa na casa, um grupo de profissionais passou a trabalhar na criação de um novo formato de reality show musical, que gaste menos dinheiro com royalties e para passar a ser exportadora de formatos. 

fonte: www.msn.com

Cabrini negocia com a Record para comandar o 'Domingo Espetacular'



O apresentador Roberto Cabrini está negociando sua volta para a Record, emissora que deixou em agosto de 2009, quando foi para o SBT.
Segundo informações do site 'TV Foco', o canal de Edir Macedo vai fazer de tudo para ter o jornalista de volta. Cabrini já teve um encontro com Douglas Tavolaro, vice-presidente de jornalismo da Record.
A Record quer Cabrini para comandar o novo “Domingo Espetacular” que, neste ano, passará por uma reformulação. A emissora busca um nome para ocupar a vaga de Paulo Henrique Amorim. Nos bastidores, a saída de Janine Borba da atração também já é dada como praticamente certa.
Cabrini estaria insatisfeito no SBT, já que ele teria pedido aumento salarial, mas os diretores da emissora não deram.
Ainda segundo a publicação, no final de 2016, o jornalista foi chamado para renovar seu contrato com a emissora de Silvio Santos, mas ele pediu para deixar para depois das festas de fim de ano e conversar no início de 2017, o que seria uma forma de ganhar tempo em sua negociação com a Record.

fonte: www.msn.com