.

.

.

.

Cory Monteith, da série Glee, é encontrado morto em quarto de hotel

Rapaz estava em Vancouver, no Canadá

FAMOSIDADES

Cory Monteith foi encontrado sem vida em um hotel de Vancouver, no Canadá, no último sábado (13). A notícia sobre o protagonista da série "Glee" começou a circular pelas redes sociais, mas só foi confirmada na madrugada deste domingo (14).
A polícia de Vancouver reuniu a imprensa para fazer um pronunciamento oficial e confirmou que o corpo do artista foi achado por volta do meio-dia, no 21˚ andar do Hotel Pacific Rim, aparentemente horas depois de sua morte.
O artista estava hospedado no local desde o dia 6 de julho e deveria registrar a saída no sábado. Como não o fez, funcionários entraram no quarto e o encontraram já sem vida.
Ainda não há informações oficiais a respeita da causa da morte, mas há suspeita de que ele tenha sofrido uma overdose. Uma autópsia foi agendada para a próxima segunda-feira (15).
Investigações sobre o caso também já começaram a ser feitas - vídeos da segurança confirmaram que Cory estava sozinho desde a última noite.
A família do astro foi informada acerca do ocorrido apenas uma hora antes do pronunciamento da polícia.
"Nós estamos chocados e de luto por essa perda trágica", lamentou Melissa Kates, empresária de Cory, ao site "Perez Hilton".
Um comunicado oficial da Fox e da produção executiva de "Glee" também foi divulgado. "Estamos profundamente entristecidos com a tragédia. Cory era um talento excepcional e uma pessoa mais excepcional ainda. Ele era verdadeiramente divertido de se trabalhar e vamos sentir tremendamente sua falta. Nossos pensamentos e orações vão para a família e amados."
O intérprete do personagem Finn na série musical tinha 31 anos e namorava a colega de elenco, Lea Michele.
Vício
Corey Monteith se internou em uma clínica de reabilitação no final de março deste ano, para tratar o "vício em substâncias", segundo comunicado divulgado na ocasião por seu assessor. 
"Ele pede encarecidamente respeito e privacidade, enquanto percorre o caminho necessário para sua recuperação", informou o representante.
A namorada do astro, Lea Michele, também se pronunciou a respeito da internação. "Eu amo e apoio o Cory. Ficarei com ele durante o processo. Estou agradecida e orgulhosa que ele tenha tomado esta decisão", disse. 

fonte: http://entretenimento.br.msn.com