.

.

.

.

Mateus Solano revela que detesta ser famoso

FAMOSIDADES

Ator disse que fama não tem lado bom. Desde que estreou na pele do vilão Félix em "Amor à Vida", Mateus Solano se tornou o centro das atenções. Um dos galãs brasileiros mais prestigiados da atualidade, o bonitão tenta levar uma vida discreta.

Solano procura fugir o quanto pode dos holofotes porque detesta ser uma celebridade. "A fama em si não tem lado bom, não. O legal é o reconhecimento do seu trabalho. Ser famoso não é bom, você perde a sua individualidade", contou em entrevista à revista "Mensch".
O ator disse ainda que a fama lhe atrapalha profissionalmente. "A minha vida é um constante laboratório, e com a fama eu deixo de observar para ser observado. Termino perdendo um pouco da naturalidade, mas isso faz parte. É uma grande encenação da vida pública", explicou.
Apesar disso, o astro não se incomoda com o assédio da imprensa e afirma saber separar muito bem o trabalho de sua vida privada.
"Não me vejo como uma pessoa pública. Meu trabalho é um trabalho como outro qualquer, por mais que as pessoas vejam isso de forma diferente. Eu não gosto de fazer da minha vida pessoal uma segunda novela."
O ator comentou ainda sobre a popularidade do vilão da novela das 21h. Para ele, Félix só caiu no gosto do público por conta de sua ironia.  
"Se ele tirasse o humor e deixasse aquele personagem escuro, mau, trancado no armário, o público não compraria a ideia. Ele colocou tudo dentro do caldeirão. Já foi escrito para ser um sucesso".
Apesar disso, Solano assumiu que levou um susto com a repercussão de seu trabalho e que ficou muito nervoso sobre como seria a recepção do personagem.
"Tão certo como ele deu eu não imaginava. Até porque no início eu estava muito inseguro com o tom certo para o personagem. Lembro que no dia do primeiro capítulo, eu estava com falta de ar e muito tenso, mas logo em seguida eu percebi o tom certo para ele e me senti mais seguro".