.

.

.

.

Após 30 anos, Paul McCartney recupera direitos autorais dos Beatles

FAMOSIDADES

Músico tinha perdido os direitos para Michael Jackson e a gravadora Sony Music
Paul McCartney conseguiu recuperar os direitos autorais das canções dos Beatles após 30 anos. Nas últimas três décadas, o lucro gerado pelos sucessos – como “Yesterday” e “Let It Be” – ia para as contas de Michael Jackson e da gravadora Sony Music.
Na época, Jackson comprou o direito das músicas do grupo por cerca de R$ 110 milhões, o que gerou briga entre os dois, uma vez que McCartney alegava que as canções valiam muito mais. Atualmente, os sucessos chegam a render cerca de R$ 1, 5 bilhões, segundo informou o tabloide “The Sun”.
As leis norte-americanas afirmaram que as músicas escritas antes de 1978 tornam-se propriedade do autor após 56 anos. Então, daqui a cinco anos, o músico voltará a receber por suas primeiras canções. Todo o catálogo dos Beatles deve estar nas mãos de McCartney em 2026.
Os hits mais rentáveis do grupo são “Yesterday”, “Here Comes the Sun”, “Come Togheter”, “Let it Be” e “In My Life”. As canções já foram usadas em diversas regravações, rádios e shows.