.

.

.

.

“Tudo fica em cima da hora”, diz Alexandre Nero sobre crise em “Além do Horizonte”

Trama enfrenta grandes dificuldades para elevar audiência

FAMOSIDADES

A crise na novela “Além do Horizonte” - trama das 19h da Globo - tem afetado não só os autores e a produção, mas também todo o seu elenco.
Fracasso de audiência, o folhetim passou a ter mudanças repentinas no roteiro, o que dificultou o trabalho dos atores, que recebem seus textos com pouco tempo de antecedência das gravações.
Alexandre Nero, por exemplo, revelou que o clima no Projac é de incerteza. “É uma correria sem fim. A coisa do Ibope não chega para nós, mas eles [produção e direção] devem se preocupar. Tanto que isso começa a resvalar na gente”, admitiu ao jornal “O Dia”.
E acrescentou: “Os capítulos começam a mudar de uma hora para outra. É apreensivo. Estamos trabalhando muito mesmo, de verdade”.
A novela de Carlos Gregório e Marcos Bernstein, que estava sendo considerada uma versão de “Lost”, ficou tão complicada, que é provável que a emissora peça para João Emanuel Carneiro, de “Avenida Brasil” (2012), assumir a obra.