.

.

.

.

“Eu vejo uma pessoa triste”, diz Ana Paula Padrão sobre o próprio passado

Jornalista confessou que não era feliz com a carreira de âncora em noticiários

FAMOSIDADES

Apesar de estar longe das telinhas, Ana Paula Padrão ainda é lembrada como uma das âncoras mais importantes do jornalismo brasileiro. No entanto, ela não sente muitas saudades da época em que comandava noticiários na TV.
A jornalista confessou, durante participação no “The Noite com Danilo Gentili”, do SBT, que passou a pensar mais em si mesma há cerca de dez anos, e que somente hoje se considera uma pessoa feliz.
“Eu comecei a pensar: ‘Será que a bancada vai me definir? Eu vou ser sempre essa personagem. Isso é algo que toma seu tempo integralmente. É difícil conciliar uma carreira impecável, perfeita, inatacável, chata… com uma vida pessoal bacana, dinâmica, excitante”, avaliou.
Atualmente focada em suas próprias empresas de comunicação, ela acrescentou: “Eu sou uma pessoa feliz hoje. Eu achava que era [feliz]. Quando olho para trás, eu vejo uma pessoa triste”.
Questionada sobre sua saída da Globo, onde se consagrou não só como apresentadora, mas também como correspondente internacional, Padrão avaliou que se tratou de uma decisão pensada e não um impulso, como muitos avaliaram na ocasião.
“Eu entrei uma na Globo, com 21 anos, e tinha quase 40 quando saí. Eu era outra pessoa, queria outras coisas da vida, que não conseguiria ali. Eu queria ser uma mulher mais equilibrada”, detalhou.

fonte: http://entretenimento.br.msn.com/