.

.

.

.

Após denúncias, diretor do "Pânico na Band" é obrigado a se desculpar com equipe

FAMOSIDADES

Denunciado ao Sindicato dos Radialistas de São Paulo por assédio moral, Alan Rapp, diretor do "Pânico", foi advertido pela Band por destratar integrantes de sua equipe e será obrigado a se desculpar.
O órgão informou que recebeu diversas reclamações de funcionários e que cobrou explicações da emissora. Segundo o blog da jornalista Keila Jimenez, o canal do Morumbi garantiu que já conversou com Alan e ele prometeu se comportar.
Além disso, o profissional foi obrigado a pedir desculpas aos que reclamaram de sua conduta durante o trabalho no humorístico.
Mesmo com a nova conduta, Rapp continuará na mira do Sindicato e pode ser processado. A entidade segue apurando as denúncias e, caso seja necessário, levará o assunto à Justiça.
Polêmica
Alan Rapp foi denunciado por ter faltado com respeito e humilhado funcionários da Band durante gravação do "Pânico" no último dia 9.
Alguns técnicos do dominical procuraram o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo, afirmando que foram xingados de incompetentes e com palavrões do tipo "pau no c*". 
Na ocasião, os profissionais trabalhavam na gravação do quadro “Pior Não Fica”, comandado por Tiririca.
Essa não é a primeira vez que o diretor é acusado de insultar funcionários. Por isso, cinegrafistas e operadores de áudio ameaçam cruzar os braços da próxima vez que o diretor repetir esse tipo de comportamento.  

fonte: www.msn.com